terça-feira, 20 de janeiro de 2009

A menina e o Muro azul


Certo dia a menina ia passando ao lado de um muro azul, muito, muito azul!Aquele azul despertou grande curiosidade na menina, que perguntou ao Muro:

Sr. Muro de onde vem esse azul tão lindo, tão lindo quanto o azul do céu, tão lindo quanto o azul do mar, tão lindo quanto o azul dos olhos do moço que vejo passar?

O muro respondeu:

Esse azul vem da dor, da dor de um amor que se foi, deixando a tristeza ficar. E azul me tornei de tanto chorar!

A menina sem entender voltou a perguntar:

Mais lindo Muro azul, por que deixaste um amor tão lindo se ir assim?

E o Muro mais uma vez respondeu:

O amor sofria tanto quanto eu, pois em mim não há coração para morar!



10 comentários:

  1. Ah, quem sou eu??? Quem seria eu??? rsrs
    Bom, leio seu blog faz um tempo e gosto muito, tô pensando até é em postar um de seus poemas no meu blog...
    Agora, como descobri seu blog? Digamos que um amigo meu que sou eu mesmo me apresentou você. Entendeu? rs Andrew Clímaco = Fernando Albuquerque. É o meu novo blog rs.

    Bom, Luana, adorei esse texto, mais uma vez vc mostrando muita sensibilidade. Amo isso.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Muito lindo o texto, acho que um dos melhores *-*
    Conheço pessoas como o muro o muro azul q não se apaixonam, eh meio triste isso...

    ResponderExcluir
  3. ah lindo o texto!!!

    respondendo ao comentario...ficaria mt lisonjeada se vc realmente musicasse! mt legal mesmo!
    mas eu qro ouvir!!
    entao vc musica e me manda hein!uhauha
    meu orkut é Annanda Galvão e meu msn nandinha_galvao@hotmail.com

    mts bjos!!!

    ResponderExcluir
  4. cada dia melhor,menina poetisa,adoro teus textos...

    ResponderExcluir
  5. Muito bom,mas fiquei triste,acabo de me descobrir muro azul!

    bj
    bj

    ResponderExcluir
  6. Que o muro de azul se pinte
    Que se espalhe em tons do céu
    Que eu possa secar suas lágrimas
    Com as franjas de meu pincel!

    Rachel D.Moraes

    ResponderExcluir
  7. obrigado por pintar as paredes da poesia

    ResponderExcluir
  8. tó passando só rpa dizer q eu gostei muito do teu blog.
    por isso adiconei no meu.

    se vc quiser fazer uma visita no meu, estarei esperando:

    http://pedrododgers.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Adorei esse azul...Os muros sempre são paredes... o bom é coração grande: faz assim: bota almofadas lá dentro e depois estica uma perna de parde a outra, e estica até ficar o maior das alargâncias...é só uma sugestão...
    bj

    ResponderExcluir